Prótese Dentárias

Próteses são aparelhos utilizados em substituição aos dentes ausentes e podem ser fixas ou
removíveis. Embora leve algum tempo para que a pessoa consiga se habituar a utilizá-las e embora não
sejam exatamente iguais aos dentes naturais, atualmente elas oferecem uma aparência mais natural e
maior conforto quando comparadas a aquelas de alguns anos atrás.

Existem dois tipos principais de próteses: totais (dentaduras) ou parciais, que podem ser fixas ou
removíveis. Seu dentista irá ajudá-lo a escolher o tipo de prótese mais apropriado, dependendo do
número de dentes a ser substituídos e o custo do tratamento.

Prótese Total Convencional:

Nesse caso, é confeccionada uma base acrílica da cor da mucosa bucal e nela fixados todos os dentes.
A base da prótese superior cobre todo o palato (céu da boca), enquanto que a prótese inferior é
confeccionada em formato de “U”, a fim de permitir espaço livre para acomodar sua língua.

Porém existem diversas desvantagens desse tipo de prótese.

São elas:

Dificuldade para mastigar os alimentos, devido a fraca fixação da dentadura na boca;
Necessidade de cautela para falar e rir com tranquilidade, por medo de que a dentadura possa “saltar”
da boca e assim causar constrangimentos;
Desconforto na boca pelo grande tamanho que possui a dentadura e pela grande área que a mesma
ocupa no “céu da boca”;
Dificuldade em estabilizar e fixar a dentadura na boca, principalmente na parte inferior.

Prótese Total Sobre Implante:

Também conhecido como protocolo, esse tipo de prótese é confeccionada través da colocação de 5 ou
mais implantes na maxila (superior) e/ou mandíbula (inferior), sendo possível fixar definitivamente a
prótese total na boca, eliminando completamente todos os problemas decorrentes do uso das
dentaduras móveis tradicionais.

São inúmeras as vantagens declaradas pelos pacientes que realizam este tipo de tratamento, como:

Liberdade total para mastigar qualquer tipo de alimento
Liberdade total para falar, rir e se expressar sem aquela preocupação de “desprender” a prótese da
boca e passar por constrangimentos
Conforto máximo na utilização das mesmas, devido ao fato desta a prótese total não necessitar ocupar
o céu da boca e não ficar se mexendo dentro da boca

Perfeita estabilização e fixação das próteses totais inferiores, pois as mesmas são fixas através dos
implantes, eliminando aquele antigo problema de não conseguir fixá-las e estabilizá-las devidamente

Prótese Parcial Removível.

Prótese Parcial Removível

A prótese parcial removível consiste em uma estrutura metálica que se apóia nos dentes naturais e
rebordo (osso e tecido). Algumas vezes, são colocadas coroas sobre alguns dos dentes naturais e que
servem como apoios para a prótese. Essas próteses devem estar bem ajustadas em todos os tecidos e
não deve causar lesões em sua boca. É possível conseguir boa estética e função e com essa
modalidade protética.

Quanto tempo poderá levar para eu me acostumar com minha prótese?

Novas próteses podem parecer estranhas e desconfortáveis durante as primeiras semanas ou até
meses. Alimentar-se e falar com a prótese pode exigir um pouco de prática. É comum ter-se a sensação
dos dentes salientes ou soltos, enquanto os músculos de suas bochechas e língua se habituam a
segurar a prótese no lugar. O fluxo excessivo de saliva, a sensação de que a língua não tem lugar certo
para ficar e uma pequena irritação ou ulceração não são incomuns. No caso de irritação, consulte seu
dentista, e lembre-se, não é correto se acostumar com lesões causadas por essas próteses, se seu
aparelho te machuca procure o seu dentista para que ele vá adaptando o aparelho protético à sua
cavidade bucal.